Imprensa Notícias
Autor: Maurício Dalepiane

Alunos participam de Expedição Investigativa de preços no supermercado

10 de Abril,2018

Os alunos do 4º ano da Escola Municipal Vinícius de Morais realizaram nesta manhã (10) no supermercado Del Moro uma Expedição Investigativa. O objetivo é despertar nas crianças o interesse em comprar o necessário, pesquisando valores que se encaixam no orçamento financeiro de cada família.  

Os alunos transitaram livremente pelo supermercado observando a distribuição dos produtos, valores e a variedade das marcas. Cada um deles trouxer uma lista feito em casa com os pais, dos itens consumidos no lar. E o valor total para se comprar todos os produtos dentro do orçamento familiar de compras para alimentação de cada família.

Para o professor de matemática, ciências e geografia, Leonilson Colins da Silva, é na prática que os alunos aprendem. “Cada um trouxe a sua lista de produtos e precisam anotar o valor de cada item, com isso eles vão perceber como funciona o orçamento familiar. Ver na prática os valores da alimentação de suas famílias”, completou o professor.

O Gerente do supermercado Del Moro, Alex Emanuel da Silva, parceiro no projeto, sanou dúvidas em relação à disposição dos produtos, preços, consumos, “os alunos precisam ter esse conhecimento na prática dos valores, com isso já conseguem entender melhor o orçamento dos pais, o que eles podem ou não podem comprar”, disse o gerente.

A expedição Investigativa faz parte do Projeto União Faz a Vida, desenvolvido pelo Sicredi, que tem como objetivo promover valores de cooperação e cidadania entre crianças e adolescentes, por meio de práticas de educação cooperativa. As ações têm como protagonistas os alunos, educadores, a família e toda a comunidade envolvida nas atividades.

A proposta do ‘A União faz a Vida’ é disponibilizar metodologia prática em que os alunos são incentivados a ter mais interesse pelo conhecimento, tornando-se protagonistas do processo de aprendizagem. Para isso, o programa é apresentado aos gestores e diretores de escolas públicas ou privadas, que recebem capacitação para aplicar o método.