Pesquisa de Satisfação.
Publicado em: 11/08/2017 ás 08:52:00 Fonte: JORNAL CAIABIS

A Ouvidoria da Prefeitura Municipal de Tapurah realizou entre os dias 12 e 27 de julho, uma pesquisa de opinião com relação a satisfação dos cidadãos-usuários sobre os serviços públicos prestados pela Prefeitura Municipal de Tapurah. A mesma foi realizada de maneira on-line, espontânea e por acesso, disseminada através da internet pelas mídias sociais e no site da Prefeitura.

Neste aspecto, a percepção dos participantes da pesquisa, de maneira geral, quanto aos serviços públicos e, considerando apenas as respostas ‘bom’ e excelente’ além das ‘ruim’ e ‘péssimo’, chega-se ao percentual de 88% de avaliações positivas, contra 12% de avaliações negativas.

Além disto, esta questão se destaca por ter o segundo menor índice, de toda a pesquisa, das avaliações negativas ‘ruim’, 5,74%, e ‘péssimo, 1,64%.

Para o Ouvidor da Prefeitura, Claudio Magri, autor da pesquisa, “Vale ressaltar que o foco da administração dos serviços públicos deve estar pautado na construção de uma cultura de serviço que faça da excelência do serviço prestado (ao cidadão-usuário) uma missão reconhecida para todos os membros da organização” e que “a análise destes dados revela que mesmo podendo estar no caminho certo, muito se tem a trilhar para se chegar à excelência plena”.

Os setores de educação e saúde, também, foram analisados pelos participantes da pesquisa. Sabe-se que tais quesitos são amplamente complexos devido aos seus extensos fatores que podem influenciar exponencialmente a satisfação de que quem avalia, pois esta é na verdade o confronto das suas expectativas com a realidade que se apresenta.

“No setor da saúde, é certo que, se tem muito a crescer para se chegar à excelência. Além, é claro, levando-se em conta, os fatores intrínsecos e específicos inerentes à Saúde Pública. Mas, quando comparada às pesquisas em âmbito nacional, a saúde em nosso município se revela em um patamar um tanto confortável, pois uma pesquisa realizada em 2015 pelo Instituto Datafolha, a pedido do CFM (Conselho Federal de Medicina) revela que apenas 6% dos pesquisados avaliam a saúde no Brasil como ‘bom’ ou ‘excelente’ enquanto que em nosso Município, para os pesquisados, este percentual é de 44,27%”, destacou Cláudio Magri.

Na questão que avalia a Gestão Municipal, de uma maneira ampla e geral, 42,62% dos entrevistados possuem uma perspectiva boa (‘bom’) e 11,48% percebem como ‘excelente’ esta Gestão atual.

“Estas duas perspectivas, somadas, ultrapassam a casa dos 54%, e o significado disto é que o trabalho que está sendo desenvolvido encontra-se na via correta, levando em consideração que nos últimos tempos o País, de maneira geral, atravessa uma caótica crise econômica e política, consequentemente com fortes reflexos nos estados e municípios”, frisa.

A pesquisa também contou com uma questão discursiva, sobre a qual obteve-se um percentual de 30,33% de respostas. Claudio ressalta que as demandas relacionadas nesta questão estão sendo analisadas pelas secretarias afins, para posteriormente, elaboração de planos para resolução dos problemas elencados, considerando que a maioria delas já estão inseridas no PPA (Plano Plurianual).

Dentre as manifestações apresentadas, destacam-se: melhorias na iluminação pública, nas pontes e estradas e na comunidade de Novo Eldorado; ampliação e melhorias nos serviços do Hospital Municipal; melhorar a sinalização das vias públicas; coleta de resíduo reciclável; qualificação dos servidores públicos especialmente dos professores; ampliação da rede de atendimento do CRAS; mais oportunidades de participação no esporte e lazer; pesquisas de satisfação mais detalhadas; efetivação dos acabamentos das obras iniciadas; maior agilidade e resolutividade especialmente na área da saúde; e principalmente melhoria, de maneira geral, no atendimento ao cidadão-usuário.

A pesquisa, na íntegra, com todo o referencial teórico e metodológico, está disponível ao público no site da prefeitura municipal (tapurah.mt.gov.br), no link da Ouvidoria.

Segundo o Ouvidor Municipal, como referenciado na pesquisa, a análise final e real caberá à gestão do município de Tapurah, pois será esta a responsável por estabelecer as políticas públicas em prol dos cidadãos-usuários. “A gestão é a responsável por colocar o governo em ação, analisar essa ação e quando necessário, realizar mudanças no rumo ou curso dessas ações”, destacou, acrescentando ainda que “a verdadeira política pública só pode ser feita com a participação, e não apenas cobranças, de todos os envolvidos, especialmente dos cidadãos-usuários”, conclui.